APRESENTAÇÃO

 

 

Os Carneiro da Fontoura

Na gesta dos padrões ideológicos, políticos e sociais do

Brasil Meridional

 

 
 

O propósito básico na exposição deste estudo, a genealogia dos CARNEIRO DA FONTOURA, muito além de explicar a cada um de seus descendentes as interligações com o tronco ancestral comum, é manter viva mediante correlações com os fatos históricos, a magnitude daqueles que, juntamente com outros troncos seculares, contribuíram para caracterizar, a peculiaridade da gente sul-rio-grandense entre os brasileiros.

Suas páginas encerram uma ampla visão de todo este tronco genealógico, por grupos. Tais grupos (de 1 a 10) representam a progênie de cada um dos filhos de JCF – João Carneiro da Fontoura – que juntamente com Izabel da Silva se estabeleceram em Rio Grande, Viamão, Rio Pardo e alhures, marcando a conquista do território de bandeira lusa ao Sul, além de Laguna, limite até então firmado pelo Tratado de Tordesilhas. A miscigenação com outras famílias, Barreto Pereira Pinto, Charão, Simões Pires, Azambuja, Corrêa Câmara, Freire, Silveira, Simões Lopes, Palmeiro, entre outras, formará os troncos seculares que depois, já no Século XIX, recebe importante revitalização das etnias italiana, alemã e polaca, citando as principais.

Fácil será identificar o Coordenador desta pesquisa genealógica, já não é o caso da autoria, eis que diversas foram as publicações anteriores que serviram de fonte para a compilação dos dados. Inúmeros foram os colaboradores que vasculharam arquivos, assentamento e registros oficiais. Mais numerosos foram, ainda, aqueles que, com depoimentos pessoais  – os memorialistas – contribuíram para a análise dos dados cadastrais. Como certo se tem, tratando-se de uma genealogia em que sucessivas atualizações advirão, a autoria múltipla permanecerá, porém com coordenações passageiras.

A versão a partir de 2020 compreende um menu com cinco segmentos (ou abas): Introdução, Genealogia, Reminiscências, Álbuns e Memória. Tais segmentos informam:

INTRODUÇÃO – Contendo além da página inicial, dados sobre o núcleo de estudos e sobre o programa de ação, sem descuidar da política de privacidade.

GENEALOGIA – Nesta aba (segmento) se relacionam todos os vínculos da progênie de JCF, derivando uma subdivisão para cada um de seus filhos (Grupos) e, também, um índice remissivo (onomástico) relacionando cada componente ao código com que está catalogado na árvore.

REMINISCÊNCIA – Esta secção resulta de um dos propósitos básicos deste estudo, qual seja de situar os componentes dentro dos fatos que marcaram a História no período da conquista do Brasil Meridional pelos lusos. A subsecção intitulada Genealogia JCF é uma inferência dos eventos vividos por João Carneiro da Fontoura, desde sua passagem por Minas Gerais e chegada ao Rio Grande do Sul. Contexto Histórico mostra fatos relevantes aos tempos de JCF. Biografias ressalta notas biográficas de vultos com importância marcante em diversos segmentos da sociedade. Histogramas faz um comparativo de fatos históricos ocorridos no Brasil, Rio Grande do Sul e Mundo, divididos pelos períodos didaticamente concebidos pela História do Brasil. Em Georreferências pretende-se situar, mediante mapas, fatos históricos referidos nos histogramas.

– ÁLBUNS – Decorre de imagens, principalmente fotos de componentes da árvore, coletadas durante as pesquisas ou oferecidas pelos colaboradores. A subsecção Eu Estou Aqui, refere-se a fotografias pessoais que compõem o acervo do Núcleo de Estudos. Já s subsecção Destaques, mostra lugares ou eventos dignos de registros.

– MEMÓRIA – Aqui reservado para comentar fatos, feitos e notícias, resultantes das pesquisas. É a mais interminável das secções. Sempre haverá algo a inserir. Está dividida em seis subsecções. Discuções relata fatos que suscitaram questionamentos e interpretações que por sua controvércia foram objeto de estudo. Conceitos serve para especificar informações de natureza genealógica ou de naureza estrutural do estudo. Depoimentos elenca os colaboradores e memorialistas que prestaram informações genealógicas de grande valia. Painal do Visitante é uma subsecção dedicada especialmente aos colaboradores que queiram registrar informações afins – autoria definda. Já em Miscelânea, serão divulgas matérias, que, ou por sua curiosidade, ou por necessários esclarecimentos, ou por seu valor relativo a uma época merecem ser revividas; são artigos pitorescos em sua maioria. Acervo, trata-se de um catálogo relacioando o material mantido pelo Núcleo de Estudos.

 Finalmente, uma palavra sobre documentação cataloga. Ela é extrema valia, se ficar entendido que dela constam informes sobre a coleta e sistematização efetuada pela coordenação. Tal sorte, determina a certeza de manter-se viva a memória deste ensaio. Fácil é de se imaginar o teor das dúvidas surgidas durante a análise das informações aqui compiladas: um homônimo, um assentamento em registro (mesmo oficial) com dados impróprios, uma informação supostamente fidedigna, os quais podem conduzir a equívocos, ainda que submetidos a análise por neófitos. Justo é, pois, documentarem-se estas questões para futura elucidação. Além do que o consulente que desejar esboçar análise e pesquisa de forma independente terá aí informação sobre fontes e origens dos dados. Assim, o internauta que necessitar informações complementares é só contatar mediante o e-mail: nffontoura@hotmail.com.

 
Seja bem-vindo!

Em janeiro de 2020.
Sanfeliz – Coordenador